Bancos fecharam mais de 17 mil vagas até novembro de 2017

O ano começou com uma notícia nada agradável para os bancários. De acordo com a Pesquisa de Emprego Bancário (PEB), os bancos que atuam no Brasil fecharam 17.711 postos de trabalho no país entre janeiro e novembro de 2017. Um saldo negativo 53,7% maior que o apresentado no mesmo período em 2016.

O estudo feito pelo Dieese, com base dos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho, mostra que os bancos múltiplos com carteira comercial, categoria que engloba instituições como, Itaú Unibanco, Bradesco, Santander e Banco do Brasil, foram responsáveis pelo fechamento de 10.541 postos entre janeiro e novembro de 2017. A Caixa sozinha respondeu pelo fechamento de 6.878 postos no mesmo período, em função de novo PADV implantado em julho de 2017.

Faixa Etária

A extinção de postos de trabalho nos bancos atingiu, principalmente, trabalhadores na faixa etária entre 50 a 64 anos, com fechamento de 15.101 postos de trabalho. Esse dado é indicativo do resultado dos PADV, anunciados em julho pela Caixa e pelo Bradesco por se destinarem a bancários aposentados ou em vias de se aposentar. Os bancários mais jovens – faixa etária entre 18 a 24 anos – representam a maioria dos postos de trabalho criados (7.317 postos).