Justiça garante pagamento de comissão no BB

Os bancários do BB tiveram uma grande vitória na Justiça nesta quinta-feira (28). Através de uma ação civil pública, impetrada pela Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe e outras entidades sindicais, contra o Banco do Brasil foi obtida a tutela antecipada para manter o pagamento ou voltar a proceder o pagamento da gratificação/comissão aos empregados que a percebem ou perceberam por 10 anos ou mais.

Na mesma decisão, o juiz Jonathan Quintão Jacob, da 17ª Vara do Trabalho de Brasília (DF),  também concedeu a incorporação definitiva da gratificação/comissão recebida por 10 anos ou mais, passando a recebecer tratamento de salário, acompanhando os reajustes previstos nas CCTs e ACTs, com todos os reflexos salariais.

O não cumprimento da decisão por parte do Banco do Brasil pode gerar pena de multa diária de R$1.000,00 (hum mil reais) por empregado. Para Fábio Ledo, membro da Comissão de Empresa do BB, “a decisão é muito importante, pois restabelece o padrão salarial dos bancários que foram injustamente descomissionados no período da reestruturação”.

Clique aqui e confira no anexo a íntegra da decisão.