Entidades sindicais cobram explicações sobre reestruturação no BNB

Em reunião realizada nesta terça-feira (08), em Salvador, com o superintentende estadual do BNB, Antônio Jorge Pontes, a Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe, juntamente com sindicatos da base, demostrou preocupação com os impactos do processo de reestruturação no Banco do Nordeste.

Na oportunidade, foi protocolada uma carta com pedido de explicações sobre o processo que tem causado aflição nos funcionários, principalmente, pela possibilidade de perda de função gratificada  e transferência de local de trabalho para outra cidade.

O superintendente se comprometeu trabalhar para reduzir ao máximo os impactos, visando realocar os funcionários, na medida do possível, na mesma cidade ou em localidades próximas. E também que iria se esforçar para inibir a possibilidade de perda de comissões no Estado. O processo de reestruturação será implantado, inicialmente, nas cidades de Feira de Santana, Juazeiro e Vitória da Conquista.

Estiveram presentes na reunião o diretor da Federação, Waldenir Brito, e os presidentes dos sindicatos filiados Augusto Vasconcelos (SEEB-BA), Paulo Barrocas (SEEB-VC), Maribaldes da Purificação (SEEB-Juazeiro) e Sandra Freitas (SEEB-Feira de Santana). Além dos dirigentes Carlos Placha (SEEB-VC), Jeane Marques (SEEB-BA) e Antonio Galindo (AFBNB).

Com informações do SEEB-BA